quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

E a princesa virou abóbora? não, a abóbora virou princesa...

do quintal!! Nas várias versões  de uso, no final ela acabou feliz mesmo dentro de um pote!!!confiram a sua beleza...e podem encomendar o seu doce de abóbora orgânica do quintal docemente semeado!!!



cambuquira com ovos






E o primeiro pote de doce é para minha mãe, foi ela me deu as sementes!!


quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Qualquer espaço vale ouro, plante essa ideia!

Essas são algumas ideias que usei pra aproveitar os espaços em casa . Não precisei comprar nada além das mudas de hortaliças, arranquei a grama, fiz compostagem na própria terra. O trilho foi feito com madeira que achei na rua, as pedrinhas e caixotes de madeira também. Lá atrás esta o tomateiro que nasceu sozinho, me convidando para plantar mais...
antes


alguns meses depois...

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

2014 ano internacional da agricultura familiar

Esse marco em 2014 é para aumentar a visibilidade da agricultura familiar e dos pequenos agricultores. Não tenho intenção de ser agricultora mas gosto muito da ideia de cultivar o próprio alimento. Quem sabe possamos formar uma comunidade para troca de saberes e sementes. Quando me mudei pra casa atual, o quintal era enorme mas tudo gramado e outra parte: cimento. Um dia a dona da casa que mora próximo veio oferecer uma maquininha de passar veneno na grama pra não crescer ervas daninhas. Disse a ela que arrancaria com a mão mesmo... Nunca gostei dessa ideia de 'mata mato" além de tudo tem a Manola nossa gatinha que de vez em quando come um verdinho. De lá pra cá nasceu tanta, mas tanta erva daninha. Aprendi com o Pupin da Família Orgânica que não devemos arrancar a erva daninha pois ela está repondo na terra os nutrientes que estão faltando. Falo mais delas no próximo post. Aqui vou mostrar umas imagens de como era o terreno em suas fases de antes e depois.

domingo, 26 de janeiro de 2014

Um pouco de Cora Coralina

Há muros que só a paciência, derruba....
Há pontes que só o carinho constrói! Cora Coralina

















quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Agora

 
"Ser sábio sobre o significado da palavra agora é a arte de ver que cada momento tem seu valor próprio, mesmo que a experiência de tal momento não esteja conectada com qualquer uma de nossas ambições, metas ou preocupações mentais. O significado do tempo dos relógios não é nada quando comparado com a experiência de não sentir o tempo, de estar completamente presente e imerso na tarefa que está sendo realizada."
Brahma Kumaris

domingo, 12 de janeiro de 2014

Recado do tomateiro

Meu traço  Deméter sempre pulsou a intuição de que poderia  colher meu próprio alimento, mas a gente sempre fica com uma preguicinha de mexer na terra. Esse tomateiro nasceu sozinho no quintal da casa nova. Acho que o recado dele era um só: plante.

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Quem é Deméter?

Na mitologia grega Deméter  é a deusa da agricultura .
http://meszreverbera.blogspot.com.br/2015/05/mitologia-grega-i-os-doze-deuses.html
“A grande deusa Deméter, a Mãe da Terra, era a deusa das plantas, da terra cultivada, das colheitas e das estações do ano, regente de toda natureza e protetora das jovens criaturas indefesas. No mito grego Deméter amadurecia anualmente o trigo dourado, ao final do verão, as pessoas lhe ofereciam agradecimentos pela fertilidade da terra. Deméter reinava os ciclos ordenados da natureza e a vida de todas as coisas em crescimento.


http://takebackhalloween.org/demeter/

Ela preside a gestação e o nascimento da nova vida, abençoando os rituais de casamento como veiculo de continuidade da natureza. Deméter é uma deusa matriarcal [...] Dizem que ela ensinou aos homens as artes de arar e de semear a terra e, as mulheres a arte de moer o trigo para fazer o pão.”

Duas cartas de Xena-como Demeter de Mythic Oracle Carisa Mellado & Michele-lee Phelan



Escolhi  essa deusa para representar a cena do blog em que quero compartilhar uma das atividades que me dá muita alegria, plantar, cuidar  e colher!! A cada fruto que vejo crescer aumenta a vontade de compartilhar  o aprendizado que adquiri, que não são muitos, espero mais aprender aqui do que ensinar, trocar.

Demeter em sabedoria feminina Antiga por Kay Stevenson & Brian Clark
fonte:  http://www.mundos-fantasticos.com/en/myths/demeter/
 

 





















 

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014